Logo iLista Empresas

“Faraó dos bitcoins”, é transferido para uma penitenciária de segurança máxima

“Faraó dos bitcoins”, é transferido para uma penitenciária de segurança máximaFaraó dos Bitcoins / Foto: Reprodução Em 29/09/2021

Após uma vistoria na Cadeia Pública Joaquim Ferreira de Souza, Glaidson Acácio dos Santos, conhecido como “Faraó dos bitcoins”, foi transferido para uma penitenciária de segurança máxima no Complexo do Gericinó, o motivo seria agentes terem encontrado quatro celulares e peças de carne “in natura” dentro da cela onde ele estava, no Rio de Janeiro. As informações forma colhidas pelo jornal O Globo.

Por conta dessa descoberta, o secretário de Administração Penitenciária, Fernando Veloso, determinou que sejam exonerados o diretor, o subdiretor e o chefe da segurança. Na mesma ação além da transferência do “Faraó dos bitcoins”, Tunay Pereira Lima, que também foi preso na mesma operação, teve sua transferência efetuada para a penitenciária de segurança máxima Laércio da Costa Pellegrino (Bangu 1).

A (Seap), Secretaria de Administração Penitenciária, já teria encontrado celulares em uma cela vizinha de Glaidson na semana passada. A suspeita é que os aparelhos seriam utilizados pelos presos para que ele continuasse com os negócios de dentro da cadeia.

Glaidson foi preso há pouco mais de 1 mês na Operação Kryptos, na ocasião a Polícia Federal apreendeu cerca de R$ 20 milhões em espécie na sua mansão. Dólares e euros também foram encontrados e algumas barras de ouro. Segundo a PF, os investigados da operação estão sendo investigados pela participação num esquema fraudulento de (pirâmide financeira).

Notícias recentes