Sobreviventes retornam a Auschwitz 75 anos após libertação

Sobreviventes retornam a Auschwitz 75 anos após libertação

Cerca de 200 sobreviventes do Holocausto voltaram nesta segunda-feira (27) ao campo de exterminação de Auschwitz-Birkenau, na Polônia, para cerimônia que marca os 75 anos de libertação do maior campo de extermínio nazista pelas tropas soviéticas. Muitos foram acompanhados por filhos, netos e até bisnetos, de acordo com a agência de notícias Associated Press.

A cerimônia pelo Dia Internacional da Lembrança do Holocausto também contou com as delegações de 50 países e líderes como os presidentes de Israel, Reuven Rivlin, e da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, além dos reis Felipe VI (Espanha) e Willem Alexander (Países Baixos).

Usando chapéus de listras azuis e brancas, simbolizando o uniformes dos prisioneiros de Auschwitz, os sobreviventes atravessaram o célebre portal de ferro com a inscrição "Arbeit macht frei" ("O trabalho liberta", em tradução livre do alemão para o português). 

Confira as fotos: 

[gallery size="medium" ids="828,827,826,825,824"]

Os comentários estão desativados.