Estudo da Fonética e Fonologia – Parte 1

Vamos falar sobre Fonética e Fonologia. Por esse conteúdo ser bastante extenso, vamos dividi-lo por partes, para que não fique tão cansativo e você possa dar um replay quando necessário e entenda bem o conteúdo. Vamos lá então começar falando de fonologia. Palavra bonita! Você fica pensando “Meu Deus o que seria isso?!”.

Fono = som e Logia = estudo. Estudo dos sons. No caso aqui, estudo dos sons na Língua Portuguesa. Os sons produzidos para a Língua Portuguesa. Ai você pode pensar assim: —Ah professor, todos os sons do corpo humano? —Não! Os sons relativos a fala, a comunicação, a construção das palavras.

Fonologia é o estudo. Você diz: “Quer dizer então que estou estudando os sons produzidos.”
Maravilha! Dentro dos sons produzidos, eu vou ter uma palavrinha importante chamada Fonema, o sonzinho que você produz junto com outro sonzinho, que somando os sons forma uma palavra.

Sim, quando você nasceu, você nasceu de que forma? Falando ou escrevendo? Claro que você chorou ao nascer, ou seja; o ser humano já nasce com a capacidade de fonética. Ao decorrer do tempo você foi aprendendo com a sua família as palavrinhas da sua língua, no nosso caso aqui, a Língua Portuguesa. Nós vamos aprendendo as palavrinhas, aprendendo a pronunciar e assim por diante. A fonologia então vai estudar exatamente essa construção.

Fonema – Menor unidade sonora produzida pelo ser humano. Então por exemplo, existem vários tipos de fonemas nesse caso ai, cuidado! Fonema não é letra! Fonema é som e letra é grafia, desenho, ou seja; se eu falar pra você assim: “Ahhh...” muito bem, todos tem uma imagem do que é esse som na sua cabeça. Essa imagem que você produziu ai é a grafia, é a letra. O som você vai produzir igual a mim, igual a todos os outros.

A troca de um fonema numa palavra, pode trocar e mudar o sentido de uma palavra. Vamos aos exemplos:

Casa. Vou trocar a palavra casa, vou falar agra uma outra palavrinha semelhante, capa. Eu troquei apenas um fonema, ou seja; a troca de um fonema por outro mudou também o sentido dessa palavra, mudou a própria palavra para outra palavra com outro significado.

Muro – mudo, mudei um fonema, mudei também a significação total dessa palavra ai.

É esse o estudo que vamos fazer e entender como que funciona cada uma dessas partes.

Um exemplo bem clássico e muito legal é assim, vamos pegar todos os fonemas da palavra taxi.

Letras (quantas grafias nós temos na palavra taxi?): 4 letras ou 4 desenhos.
Sons: 5, ou seja; 5 fonemas. Veja:

Escutamos 5 sons na palavra taxi: o som do T, do A.
O X nessa palavra tem som de C e S ou de um K e um S. Então na letra X temos 2 fonemas. Temos uma letra que é o X com 2 sons.

Temos então o T, o A, o C, o S e o I.

Temos 5 fonemas para 4 letras.

Cada palavrinha tem a sua propriedade fonética e a sua propriedade de escrita, de ortografia. Precisamos diferenciar bem isso. Que fique bem claro na sua cabeça: uma coisa é fonema, é som. Outra coisa é letra, que é grafia, escrita. Teremos isso em N palavras na Língua Portuguesa. Várias palavras terão esse tipo de coisa.

Ai você pensa assim: “Então é por isso que eu escrevo muitas palavras erradas!” Muitas pessoas escreve as palavras erradas porque vão pela fonética e não pela grafia.

Uma coisa é eu falar a palavra, que quase todos nós conseguimos, mas escrever é o nosso maior desafio, pois precisamos saber como se escreve aquela palavra e aquelas letras tem fonemas diferentes que não são exatamente aqueles.

Existe até um estudo por ai, pessoas querendo fazer com que nós escrevemos as palavras do jeito que a gente fala. Imagina, você pega a palavra homem e escreve h – o – m – e – m, beleza! Você escreve com H no começo, mas você escuta o som do H? Não! Então tem pessoas que querem fazer com que a gente escreva homem sem h. Sabia que não tem lógica! A palavra homem vem de homos que é do latim, do grego, e ai, você vai desmontar a estrutura básica da palavra. Isso é morfologia. A gente vai estudar em outro post sobre isso, mas só pra vocês irem pensando que esses tipos de estudo não tem muita lógica.

No nosso próximo post, a parte 2, estudaremos sobre a Classificação dos Fonemas. Curta a nossa Fanpage para assim que o novo post for publicado você não perder esse estudo. Boa sorte!

Professor Noslen

Os comentários estão desativados.