Pegando firme nas regras de pontuação

Esse assunto é muito tranquilão, certo? Primeira coisa é assim, vamos pensar: Para quê existe pontuação? Para quê surgiu a pontuação? Quando você nasceu, foi escrevendo ou falando, ou melhor, chorando? Claro que você nasceu e chorou para o médico. Depois de muito tempo, você aprendeu a ler e escrever. Ou seja, a escrita vem depois da fala. Isso é importante você lembrar.

A escrita vem para representar a fala e a pontuação vem para auxiliar a escrita nas intenções da fala. Como assim nas intenções? Veja: quando a gente fala, não falamos somente com a boca, usamos muitas outras coisas para falar. Expressamos-nos com o rosto, com as mãos, com o corpo, então usamos muitas outras coisas para ajudar na comunicação. Quando eu trago a pontuação, ela vem para isso também, para ajudar nessa intenção da fala. Inclusive na fala, conseguimos também usar uma coisa chamada entonação da voz. Por exemplo: podemos falar uma coisa mais baixinha, e do nada, podemos dá uma mudada no tom da voz. Isso para mostrar que estamos mais nervosos, ou mais felizes. Então depende da entonação também, a nossa comunicação pela fala. Como é que na escrita eu vou fazer isso? Pela pontuação.

A pontuação auxilia a criar essa intenção da fala. Ainda não vai ser a mesma coisa, porque fala é sempre fala, agora, a pontuação vai auxiliar nessas intenções da fala.

Olha só como é interessante a pontuação! Vamos fazer uma reflexão. Quando eu falo em pontuação eu preciso pensar assim: a pontuação tem muitas regras. Eu não consigo gravá-las todas. Mas se você pensar que a pontuação pode auxiliar na mudança de sentido e das intenções, talvez já facilite para você escrever alguma coisa e pontuar adequadamente. Quer ver? Vou colocar pra você uma frase bem legal, leia-a como está sem pontuação nenhuma:

“Se o homem soubesse o valor que tem a mulher andaria de quatro à sua procura”

Agora vou fazer uma pergunta muito legal: Meninas, me digam, onde é que vocês poderiam pontuar isso ai?

As meninas, provavelmente pontuariam da seguinte forma: “Se o homem soubesse o valor que tem a mulher, andaria de quatro à sua procura.” Ou seja, as meninas pontuariam dessa forma.

Agora, se eu perguntar para os meninos onde é que eles pontuariam a frase acima. Dá para deslocar essa vírgula e mudar a intenção dessa fala? Claro que dá! “Se o homem soubesse o valor que tem, a mulher andaria de quatro à sua procura.”

Caraca! Mudamos a vírgula e todo o sentido da frase também foi mudado. Isso é o que importa para nós na pontuação. O que importa é você perceber qual é a intenção daquele texto. Se a tua intenção é uma ou outra, veja, o mesmo texto, mudei a posição da virgula, mudei a intenção. Isso é o mais importante sobre pontuação.

Professor Noslen

Mais adiante, nos próximos posts, vamos estudar e relembrar como aplicar corretamente a pontuação na escrita. Dividiremos esse intenso conteúdo especificando cada sinal de pontuação em posts divididos. É só você ficar conectado com o Ilista e não vai perder nada. E como você faz isso? Curtindo nossa página e recebendo diariamente nossas dicas, aulinhas, receitinhas, segredinhos entre outros.

 

Os comentários estão desativados.