Uso de palavras estrangeiras na Língua Portuguesa. O que pode ser usado.

18/04/2018

“Gostou do meu look de hoje?” “Amanhã vou ao shopping, mas vou levar comigo minha personal stylist.”
Pessoal, entre os diversos assuntos que causam confusão na língua portuguesa está o estrangeirismo.
_ Professora, mas eu não posso usar o inglês?! Como assim, existem palavras que nem existem em português?
Pois é! Esse é um problema que nós professores enfrentamos todo dia na hora de ensinar. Mas fica aqui com o Ilista, vamos falar o que é importante você saber sobre essas palavrinhas que estão por todos os lados.

Estrangeirismo é o emprego de palavras, expressões que vem de outras línguas e que muitas vezes nós usamos no nosso dia-a-dia.
Essas palavras e expressões foram incorporadas ao nosso idioma, principalmente na oralidade e é muito natural acontecer isso, pois uma cultura pode ir assimilando traços de outra cultura e consequentemente, a sua língua.

O fato é que o português falado no Brasil não é tão puro quanto o português de Portugal. Aos poucos nós fomos assimilando palavras de outros idiomas, que inclusive foram sendo aportuguesadas e agora estão ai, fazendo parte do nosso vocabulário.

O uso de estrangeirismo no nosso dia-a-dia é considerado por muitos professores como um problema, pois pode prejudicar a soberania do nosso idioma e prejudicar a comunicação, que é a função principal da linguagem.

Veja só alguns exemplos que fazem parte do nosso cotidiano:
“Todos os anos temos que fazer um check up.”
“Comer alimentos diet ou light.”
“Ter um personal stylist ou um personal trainer.”
“Morar num flat, onde tem área gourmet, inclusive playground para as crianças”
“Compramos calças slim e flare.”
“Usamos pen drive e muitas vezes queremos ter um design arrojado.”

Pessoal, se eu ficar citando aqui, esse post não vai acabar tão cedo! São muitos exemplos de estrangeirismo no nosso idioma.

O que queremos chamar a atenção, é que você, nas suas redações de vestibulares e concursos públicos tem que tomar cuidado e escrever em língua portuguesa. Por isso, os termos estrangeiros só podem ser usados se não houver uma palavra que o traduza na língua portuguesa. Mesmo assim, tem de ser usados entre aspas.

Cuidado também com alguns outros termos, como a palavras shampoo que é escrita com SH, mas na língua portuguesa tem que ser escrita com X – xampu. A palavra whisky, que é um w, mas que se você for escrever na sua redação tem que ser com ui – uísque. Agora, presta mais atenção a outras palavras: Jeans e pizza. São palavras que já são globalizadas. Essas ai já são empréstimos que viraram doações. Nós não vamos devolver mais.

O importante é que você use sempre o bom senso na hora de escrever seus textos. Falei bom senso! Não vai escrever em prova tudo o que você fala. Dê preferência ao nosso velho e bom português. Ok!

Gostou da aula? Curte e compartilha com os amigos!

Teresa Cristina

Gostou? Compartilhe!

Enviar ComentárioEnvie um Comentário

Olá visitante,