Procurador que tentou matar juíza em São Paulo é encontrado morto

O Procurador da Fazenda Nacional, Matheus Carneiro Assunção, que esfaqueou a juíza Louise Filgueiras em outubro do ano passado, dentro do prédio do Tribunal Regional Federal da 3ª Região em São Paulo, foi encontrado morto. A juíza ficou levemente ferida após o procurador acerta-lá com uma facada no pescoço. Após o incidente, Assunção foi encaminhado para o Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico de Taubaté (SP), e mais tarde obteve na justiça o direito de realizar um tratamento psiquiátrico no Hospital das Clínicas em São Paulo.

Ainda não há confirmação da causa da morte de Assunção. A principal hipótese é de que ele tenha cometido suicídio.

Assunção estava internado na zona sul de São Paulo, aproximadamente às 8 horas da manhã desta segunda-feira (3), uma funcionária da Clínica chamou o procurador várias vezes mas não obteve respostas. Após conseguir abrir a porta a equipe encontrou o corpo do Procurador.